POLÍTICA DE GARANTIA

Todos os produtos comercializados pela Neves Kar Distribuidora de Auto Peças, tem o prazo de garantia de 3 (três) meses, contados a partir da emissão da Nota Fiscal de venda para o consumidor.

 

PROCESSO DE GARANTIA

1

º PASSO: Apresentar detalhadamente o defeito ou falha de fabricação do produto.
2º PASSO: Enviar a Nota Fiscal de compra do produto e a mercadoria para o endereço da empresa.
3º PASSO: Averiguação dos possíveis problemas, por parte da empresa e seus fornecedores.
4º PASSO: Se o caso for realmente de garantia, enviar-nos Nota Fiscal de Devolução, para assim, finalizarmos o processo de troca ou devolução da mercadoria.

Lembrando que o frete de mercadorias em “garantia” é de responsabilidade do comprador e o prazo para finalização do processo dependerá de terceiros, podendo assim, demorar até 30 dias úteis para retorno.

 

 

 

 

PERDA DE GARANTIA
* Danos físicos aparentes, causados por mau uso, ou tentativa de alteração ou conserto do produto
* Danos causados por má aplicação ou instalação
* Danos causados por acidentes naturais
* Falta de componentes do produto
* Peças utilizadas por longo período do tempo

Garantia legal

Garantia legal é o prazo que o consumidor dispõe para reclamar dos vícios (defeitos) constatados em produtos adquiridos ou na contratação/realização de serviços. O direito de reclamar independe do certificado de garantia, bastando à apresentação de um documento que comprove a compra (Nota Fiscal).

Quanto aos prazos, estes estão previstos no artigo 26 do Código de Defesa do Consumidor nos seguintes termos:

 

 O direito de reclamar pelos vícios aparentes ou de fácil constatação caduca em:

I – Trinta dias, tratando-se de fornecimento de serviço e de produtos não-duráveis;

II – Noventa dias, tratando-se de fornecimento de serviço e de produtos duráveis”.

Os vícios aparentes ou de fácil constatação são aqueles facilmente identificáveis, tais como produtos que não funcionam, com mau funcionamento ou riscados, entre outros.

Por vício oculto entende-se aqueles não evidenciados de início, só aparecendo após determinado tempo ou consumo do produto. Constatado o vício oculto, inicia-se a contagem dos prazos, que serão os mesmos acima citados, para o registro da reclamação. Vale destacar que, em algumas situações, será preciso um laudo técnico detalhando os indícios de que o problema teve origem em um vício (defeito) de fabricação.

Fonte: Procon